O que os Carcarás são e o que os Carcarás não são.

13662261_1082153898527877_8552834118625551702_o

É com indignação que acompanhamos a onda de intimidações e ameaças que estamos sofrendo desde que anunciamos o nosso I Encontro. Estamos indignados, mas não surpresos. Não é de hoje que o aparelhamento de esquerda se tornou regra nas universidades públicas do país. Os filhos de Stálin e Mao Tsé-Tung – os maiores genocidas do século XX – sabem que uma das maneiras de se controlar a opinião pública de uma nação é controlar a sua vida universitária, da qual acabam saindo as suas futuras lideranças.

O grande escritor inglês G. K. Chesterton disse, certa vez, que ainda chegaria o momento em que os homens tentariam provar que a grama é verde. É o que tentaremos aqui fazer.

O que são os Carcarás:– Um grupo que pretende DIFUNDIR as ideias conservadoras no âmbito da UFMA.

O que não são os Carcarás: – Um grupo que pretende IMPOR as ideias conservadoras na UFMA.

Imaginamos que os nossos adversários esquerdistas conseguem compreender a diferença entre DIFUNDIR e IMPOR. Claro que conseguem, mas fingem não compreender, muitos porque são enganados, muitos por má-fé. Por possuírem espírito de seita, comportam-se como se nós fôssemos seus inimigos, e não meros adversários. O certo é que, comportando-se assim, de maneira ditatorial e violenta, tornam-se não apenas nossos inimigos, como também inimigos do Maranhão e do Brasil.

É preciso ressaltar que, na condição de conservadores, rejeitamos muitas das propostas ditas progressistas, que vêm sendo objeto de discussão nos últimos anos no Brasil.

Somos, portanto, absolutamente contrários ao:

I – Aborto;

II – À ideologia de gênero;

III – À descriminalização das drogas e

IV – Aos movimentos “sociais” que ambicionam destruir o direito de propriedade, invadindo terras e locais públicos.

E somos absolutamente a favor da:

I – Família tradicional;

II – Da vida desde a concepção até a morte natural;

III – Da livre iniciativa e da propriedade privada;

IV – Do regime democrático-representativo;

V – Das liberdades de imprensa, associação e reunião.

Rechaçamos com furor as acusações ridículas e difamatórias de que pregamos a violência, a intolerância e o ódio. Não somos homofóbicos (vale dizer: ódio irracional aos homossexuais), racistas ou indiferentes às mazelas sociais que, infelizmente, ainda constituem um problema gravíssimo a ser solucionado pela sociedade.

O ideário conservador, presente e atuante nas mais consolidadas democracias do mundo, representa uma alternativa legítima e merece, portanto, ser difundido em âmbito universitário. Nunca nos afastaremos do debate franco e do combate leal, dentro das regras do jogo democrático. Porém, não nos permitiremos confundir meras divergências doutrinárias e políticas com condutas autoritárias e criminosas. Esperamos a esquerda no confronto de ideias – enérgico se for preciso, mas sempre cordial –, mas, em face de reações covardes e violentas, sejam verbais ou físicas, saberemos exercer o nosso direito à legítima e proporcional defesa.

É lamentável que tenhamos de redigir esta nota explicando o óbvio, ressaltando o caráter democrático do conservadorismo, que tem, como premissa, o aperfeiçoamento institucional; como princípio, a defesa da liberdade e da justiça e, como consequência, o desenvolvimento cultural, econômico e social dos povos.

O imortal primeiro-ministro inglês Winston Churchill, líder do Partido Conservador daquela grande nação, foi o principal responsável pela liquidação do perigo nazista da Europa e do mundo. Que o exemplo vigoroso do grande estadista – o único que nunca se enganou quanto às tendências imperialistas de Hitler – não deixe nunca desanimar os Carcarás na defesa de suas ideias e no combate ao totalitarismo, seja ele vermelho ou não.

 

Carcarás – Juventude Conservadora da UFMA.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s